Cartoonista Vasco Gargalo vence concurso sobre escravatura moderna

Notícias | 30 de Julho de 2021


Para assinalar o Dia Mundial contra o Tráfico de Seres Humanos, a Organização Internacional do Trabalho e a ONG Recursos Humanos sem Fronteiras anunciam quem venceu o concurso internacional de cartoon sobre trabalho forçado.

Três cartoonistas de Portugal, Uzbequistão e Turquia obtiveram os primeiros lugares num concurso internacional de cartoon destinado a aumentar a sensibilização para a escravatura moderna.

O trabalho de Vasco Gargalo foi selecionado, por unanimidade, entre 460 cartoons de 65 países, que responderam ao desafio "E se o seu lápis fosse uma ferramenta contra o trabalho forçado?".

"Desenhar é a minha maneira de expressar a minha opinião e de fazer as pessoas refletirem sobre questões sociais e políticas. O trabalho forçado e o trabalho infantil fazem parte da minha agenda, uma vez que vivemos num mundo tão injusto e estas questões são muitas vezes invisíveis", afirmou Vasco Gargalo.
Desenho de mulher bem vestida, pessoa de joelhos a costurar o vestido da mulher e máquina de costurar com o mapa do mundo