Empregos Verdes

Entende-se por empregos verdes, empregos que reduzem o impacto ambiental de empresas e de setores económicos para níveis que sejam pelo menos sustentáveis. Falamos, nomeadamente, de empregos que protegem os ecossistemas e a biodiversidade; reduzem o consumo de energia, materiais e água através de estratégias de elevada eficiência; descarbonizam a economia; e minimizam ou evitam todas as formas de poluição ou produção de resíduos. Os empregos verdes podem ser criados em todos os setores e empresas, em áreas urbanas ou rurais, do trabalho manual a qualificado e em todos os países independentemente do nível de desenvolvimento.

Para a OIT o conceito de “empregos verdes” resume a transformação das economias, das empresas, dos ambientes de trabalho e dos mercados laborais em direção a uma economia sustentável que proporcione um trabalho digno com baixo consumo de carbono. Deve, no entanto, ser sublinhado que empregos verdes não são sinónimo de empregos dignos. É necessário garantir que proporcionem rendimentos adequados, proteção social e respeito pelos direitos laborais.

Proteger a biodiversidade e os recursos naturais significa também criar emprego, hoje e para o futuro. Existe um enorme potencial de criação e manutenção de empregos em todo o mundo através de uma gestão ambiental sustentável. Todos/as temos a ganhar com uma economia verde.

Mais informação no sítio global da OIT sobre este tema (em EN)

Documentação em PT:Atividades apoiadas pela OIT: