COVID-19 e o trabalho infantil

Notícias | 21 de Dezembro de 2020
Imagem da capa do relatório. Fotografia de uma criança de cócoras no meio de lixo (plástico). A criança utiliza máscara de proteção individual.
Num contexto desafiante das nossas vidas e da história mundial, a OIT e a UNICEF uniram-se para elaborar um relatório conjunto sobre o tema do trabalho infantil, com o título “COVID-19 e o Trabalho Infantil: um momento de crise, o momento certo para agir”.

Os avanços na erradicação do trabalho infantil têm sido enormes. Desde o ano 2000, os esforços dirigidos ao combate deste flagelo permitiram retirar 94 milhões de crianças da situação de trabalho infantil. Porém, a pandemia do COVID-19 e os consequentes impactos económicos e sociais podem, pela primeira vez em duas décadas, interromper e até mesmo fazer regredir esses progressos.

Conscientes das dificuldades que se colocam a nível global - incluindo à Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) -, mas reconhecendo, igualmente, a oportunidade para priorizar este assunto na agenda internacional, a UNICEF, a OIT-Lisboa, o Secretariado Executivo da CPLP e o Gabinete de Estratégia e Planeamento do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social de Portugal (GEP/MTSSS) constituíram uma parceria que permitiu a tradução para português deste relatório.

Visando uma maior sensibilização relativamente ao tema, que afeta milhões de crianças em todo o mundo, o compromisso político e os esforços nacionais dos Estados-membros da CPLP e aproveitando a comemoração do Ano Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil, em 2021, este relatório representa um contributo relevante para a discussão no seio da CPLP, o reforço das capacidades dos respetivos Estados-membros e a sua preparação para a participação quer ao nível internacional quer interno.

Veja o vídeo com as mensagens sobre o relatório