Dia Mundial da Justiça Social 2022

Mensagem do diretor-geral da OIT para o Dia Mundial da Justiça Social 2022

Por ocasião do Dia Mundial da Justiça Social 2022, o diretor-geral da OIT, Guy Ryder, diz que a comunidade internacional tem uma chance rara que não deve ser desperdiçada para moldar uma recuperação da COVID-19 que proporcione justiça social às pessoas e proteja o planeta de que todos dependem.

Notícias | 18 de Fevereiro de 2022



É difícil pensar em uma época em que a demanda por justiça social tenha sido mais clara ou maior.

A crise da COVID-19 exacerbou as desigualdades, tanto dentro dos como entre países.

Isso está sendo chamado de a “grande divergência”.

As divisões econômicas e sociais aumentaram.

Aqueles que estavam em desvantagem antes da pandemia foram os mais afetados - jovens, mulheres, trabalhadores informais e migrantes, pequenas empresas.

Mas nada disso é inevitável. Depende das escolhas que fazemos; das decisões que tomamos.

O Dia Mundial da Justiça Social de 2022 chega em um ponto de inflexão. Enquanto os formuladores de políticas estão moldando nossa recuperação da pandemia.

Suas escolhas definirão a direção da mudança. E escolhendo as medidas certas, podemos moldar a recuperação da maneira que queremos.
Precisamos de uma resposta que se concentre nas pessoas. Isso promove a justiça social para todos enquanto protege o planeta do qual todos dependemos.

Uma prioridade deve ser a formalização da economia informal, onde 60% dos trabalhadores do mundo ainda ganham a vida, muitas vezes na pobreza, com poucos direitos ou proteções.

Outras etapas importantes devem incluir:
  • Proteção social universal.
  • Melhorar a proteção dos trabalhadores e a sustentabilidade das empresas.
  • Promover empregos decentes e crescimento econômico inclusivo.
  • E, criar uma transição justa para uma economia global neutra em carbono.

Para reunir tudo isso, também precisaremos de uma cooperação maior e mais coerente entre países e entre organizações multilaterais.
É um desafio enorme. Mas, já temos um roteiro para nos guiar.

Os Estados membros da OIT adotaram por unanimidade um Apelo Global à Ação sobre a recuperação da COVID-19. Ele defende uma recuperação centrada nas pessoas e baseada em princípios de inclusão, resiliência, sustentabilidade e trabalho decente para todos.
Para aproveitar este chamado, no final deste mês, a OIT está convocando um Fórum Global para analisar maneiras de transformar essa convocação em uma ação forte e coerente.

Estamos em um momento crucial. Não apenas para a reconstrução da COVID, mas para o futuro de nossas sociedades.

Temos uma rara chance de moldar uma recuperação que também proporcione maior justiça social.

Não devemos perder esta oportunidade.