Dia da Terra

Investir em educação sobre o clima a fim de treinar melhor a força de trabalho para um futuro mais verde

Informações sobre o meio ambiente e o clima podem ajudar a criar empregos, fomentar um mercado consumidor verde e permitir que os cidadãos colaborem com os governos com relação à mudança climática

Notícias | 22 de Abril de 2021
© Marco Verch
GENEBRA (Notícias da OIT) – Na data em que o mundo celebra o Dia da Terra, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) pede uma ação mundial urgente sobre a mudança climática, incluindo a necessidade de apoiar a educação e a conscientização sobre o clima.

A transição para uma economia neutra em carbono exigirá novas habilidades, treinamento e qualificações. Muitos novos empregos surgirão. Outros terão que ser adaptados. Isso torna a educação climática para a força de trabalho atual e futura uma prioridade que os países precisam abordar com urgência.

“Os efeitos da mudança climática vão alterar a estrutura de empregos. Novos empregos e novas famílias de empregos surgirão, outros desaparecerão ou se tornarão insustentáveis e as empresas terão que encontrar maneiras de organizar o trabalho e a produção de maneira diferente ”, disse o diretor-geral da OIT, Guy Ryder. “Precisamos preparar a juventude para este mundo em mudança. A educação ambiental pode habilitar os estudantes a resolver a crise climática e desenvolver as habilidades, o otimismo e a determinação para liderar o movimento ambiental de amanhã. ”

A educação ambiental pode habilitar os estudantes a resolver a crise climática e desenvolver as habilidades, o otimismo e a determinação para liderar o movimento ambiental de amanhã. ."

Guy Ryder, diretor-geral da OIT
Ryder elogiou a organização Earthday.org e seus parceiros, a Confederação Sindical Internacional (ITUC) e a Education International (EI), por destacarem a questão da educação climática no Dia da Terra.

A educação e a conscientização sobre o clima são fundamentais para fazer uma transição justa para economias verdes que garantam um futuro sustentável para as atuais e novas gerações”, disse ele.

A OIT estima que o aumento das temperaturas devido à mudança do clima pode levar à perda de 80 milhões de empregos até 2030, sendo os países pobres os mais atingidos. Adotar medidas ambiciosas para combater a mudança do clima pode criar mais e melhores empregos, com um potencial de 18 milhões de empregos líquidos até 2030, devido à adoção de medidas no setor de energia.

As empresas precisarão de trabalhadores bem treinados e com o conjunto certo de habilidades para reduzir a intensidade de carbono da produção. Elas precisarão investir na preparação de seus trabalhadores para uma nova e desafiadora mudança técnica e tecnológica, tornando o ambiente de trabalho um local de aprendizagem ao longo da vida na transição ecológica.

O diálogo social é também uma ferramenta essencial para garantir uma mudança suave na formação de competências profissionais, a fim de facilitar a mobilidade dos(as) trabalhadores(as) e garantir a sua proteção social em um mundo do trabalho em rápida transformação.

A próxima Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática COP26, que ocorrerá no Reino Unido, será um momento importante para reiterar a importância da conscientização climática, pois somente ferramentas educacionais adequadas irão preparar a força de trabalho de hoje e no futuro para enfrentar os desafios impostos pela mudança do clima.