Conduta Empresarial Responsável na América Latina e no Caribe (CERALC)

O novo projeto de Conduta Empresarial Responsável na América Latina e Caribe financiado e elaborado em colaboração com a União Europeia (UE) ) é implementado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH) visa promover um crescimento inteligente, sustentável e inclusivo na UE, na América Latina e no Caribe, apoiando práticas de conduta empresarial responsáveis, em conformidade com os instrumentos da ONU, OIT e OCDE.

Contexto

A expectativa de que bens e serviços sejam produzidos e fornecidos de maneira responsável – isto é, em conformidade com as normas internacionais que garantem o respeito aos direitos humanos, trabalho digno e proteção ambiental - cresceu significativamente. Ao mesmo tempo, as últimas décadas presenciaram uma convergência de padrões internacionais sobre conduta empresarial responsável (CER), inclusive sobre a responsabilidade corporativa de respeitar os direitos humanos. Governos, empresas e sociedade civil nos países da América Latina e Caribe (ALC) também estão demonstrando um interesse crescente em promover uma conduta empresarial responsável.

O Projeto "Conduta Empresarial Responsável na América Latina e Caribe" (CERALC) é implementado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH). O projeto é financiado e elaborado em colaboração com a União Europeia (UE).

Objetivo

O Projeto visa promover um crescimento inteligente, sustentável e inclusivo na UE, na América Latina e no Caribe, apoiando práticas de conduta empresarial responsáveis, em conformidade com os instrumentos da ONU, OIT e OCDE.

Componentes

As atividades do Projeto serão realizadas sob as diretrizes da Declaração Tripartite de Princípios sobre Empresas Multinacionais e Política Social (Declaração MNE), as Diretrizes da OCDE para Empresas Multinacionais e os Princípios Orientadores sobre Empresas e Direitos Humanos da ONU.

Foco geográfico

As atividades do projeto incluirão uma combinação de atividades regionais e nacionais, específicas para cada país. Essas atividades serão implementadas em nove países: