OIT_Logo
Início | Mapa do Sítio | Contactos | Sala de Imprensa | Visita Guiada
lettring
Lisboa, 23 de Fevereiro de 2011
Início »

Novidades

Dia Mundial da Justiça Social 2011

Justiça Social

“Este é o momento de construção de uma nova era de justiça social baseada no trabalho digno” palavras de Juan Somavia, Director-geral da Organização Internacional do Trabalho, que sintetizam a sua mensagem por ocasião do Dia Mundial da Justiça Social  que, desde 2007, se vem celebrando a 20 de Fevereiro.

 Juan Somavia nesta sua alocução chamou a atenção para o facto de que as falhas na economia mundial, evidentes há muito tempo, estão a provocar incerteza e vulnerabilidade, sentimentos de exclusão e opressão, e falta de oportunidades e empregos, situações estas agravadas pela crise económica mundial. Para as mulheres e homens sem trabalho nem forma de ganhar a vida, não lhes interessa se as suas economias crescem anualmente 3,5 ou 10%, se esse crescimento continua a deixá-los desprotegidos. O que lhes importa é que os seus lideres e sociedades promovam políticas que ofereçam trabalho e justiça, pão e dignidade, liberdade para expressarem as suas necessidades, e espaço para forjarem soluções práticas.

O Director-geral da OIT aproveitou esta oportunidade para chamar a atenção para o facto de que é preciso uma nova visão da sociedade e da economia para se alcançar uma globalização justa, com um enfoque equilibrado entre o papel do Estado, os mercados e a sociedade, e uma compreensão clara dos limites das possibilidades e da acção individual neste contexto. E adianta, dizendo que as acções devem ir para além da simples recuperação do crescimento, pois não se sairá da crise se a aposta continuar nas mesmas políticas que lhe deram origem.

Neste seu discurso do Dia Mundial da Justiça Social, instituído em 2007pela Assembleia Geral das Nações Unidas, refere quatro passos claros, essenciais para uma nova era de justiça social, a saber: reconhecer que o trabalho não é uma mercadoria, sendo que as políticas devem basear-se nos valores humanos de solidariedade, dignidade e liberdade; que o objectivo de criação de emprego deve ser uma componente central das prioridades políticas macroeconómicas; que é necessário oferecer protecção social (sustentável do ponto de vista fiscal) às oito em cada dez por cento de pessoas no mundo que actualmente carecem de qualquer tipo de segurança social; e reconhecer-se que os direitos fundamentais no trabalho e o diálogo social constituem instrumentos para incrementar a produtividade e alcançar um desenvolvimento equilibrado. Por último, refere como essencial para esta nova era, a necessidade de estimular o investimento nas pequenas empresas, em sectores de emprego intensivo, em mercados de trabalho inclusivos e no desenvolvimento de qualificações.

A OIT, consciente dos desafios para se alcançar a Justiça Social, lançou em Fevereiro 2010 o projecto Voices on Social Justice com o objectivo de proporcionar uma plataforma global que agregue contributos sobre justiça social e de como pode ser alcançada. O projecto tem atraído a visão de personalidades de diferentes áreas da sociedade, e pode ser consultado através do link www.ilo.org/socialjustice

 

 

 


OIT INTERNACIONAL
decent_work
 
 

OIT-Lisboa
Rua Viriato, 7 –- 7º e 8º Andar, 1050-233 Lisboa (Portugal)
Tel.: 00 351 21 317 34 40 /9 | Fax: 00 351 21 314 01 49

[ Início | Mapa do Site | Contactos ]

Copyright © 1996-2008 Organização Internacional do Trabalho (OIT)
Isento de Responsabilidade