Na Cimeira do G7

O mundo do trabalho continua a ser um lugar discriminatório para as mulheres

Notícias | 28 de Junho de 2022
Guy Ryder no G7 2022

Guy Ryder participou, no dia 27 de junho na Cimeira do G7, na Alemanha, tendo destacado as desigualdades e o impacto da iniquidade enquanto geradora de conflitos.

De acordo com o diretor-geral geral da OIT o mundo está cada vez mais desigual. Acentuam-se as diferenças entre os países industrializados e os países em desenvolvimento e a nível interno, com particular preocupação para o agravamento da situação das mulheres no mundo do trabalho. O emprego feminino foi duramente penalizado com a crise sanitária, a permanência das desigualdades salariais e a a ausência de compensação pelos progressos feitos pelas mulheres na educação são preocupações que o mundo do trabalho enfrenta.

Guy Ryder afirmou na Cimeira do G7 que “o mundo continua a ser um lugar discriminatório e por vezes hostil e perigoso para as mulheres”. Defende a combinação de políticas públicas para alcançar uma justiça social para mulheres e homens.

Leia na íntegra o discurso aqui: https://www.ilo.org/global/about-the-ilo/how-the-ilo-works/ilo-director-general/statements-and-speeches/WCMS_849712/lang--en/index.htm