Na praia, cartão vermelho contra o trabalho infantil

Mosaico gigante composto por mais de mil pessoas marcou o lançamento da campanha da OIT, um dia antes da abertura da Copa do Mundo 2014; cartão vermelho com o catavento, símbolo do combate ao trabalho infantil em todo o mundo, marca o 12 de junho

Notícias | 12 de Junho de 2014
RIO DE JANEIRO (Notícias da OIT) – Um mosaico gigante composto por mais de mil pessoas marcou o lançamento mundial da campanha “Cartão Vermelho ao Trabalho Infantil”, ontem, quarta-feira (11/06), nas areias da Praia de Botafogo, na Zona Sul. O evento, organizado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS) e o Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, fez referência ao Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, celebrado nesta quinta-feira.
A coordenadora do Programa Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil da Organização Internacional do Trabalho, Maria Cláudia Falcão, explicou que o Brasil foi escolhido para sediar a campanha por ser o anfitrião da Copa do Mundo. “O país é a sede da Copa do Mundo deste ano e também receberá as Olimpíadas, em 2016. Precisamos aproveitar esse momento para conscientizar a população sobre a importância de enfrentarmos esse grave problema social”, disse.
De acordo com a Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra por Domicílios) de 2012, do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), havia no Brasil 3,5 milhões crianças entre 5 anos e 17 anos em situação de trabalho infantil. A legislação brasileira permite o trabalho de adolescentes maiores de 16 anos ou a partir dos 14 anos, em situação de aprendiz.

“O problema aqui no Brasil é que mais de 80% das crianças que trabalham têm mais de 14 anos, mas a maioria não está trabalhando de maneira formalizada como aprendizes. Precisamos de um esforço maior para que essas crianças possam ser inseridas no mercado de trabalho de maneira formal e com todos os seus direitos assegurados”, explicou a coordenadora. Ela ressaltou, entretanto, que o Brasil é reconhecido internacionalmente por ter conseguido reduzir em 58% o número de crianças em situação de trabalho infantil em 20 anos.

Sobre a campanha da OIT
O dia 12 de junho foi instituído pela OIT como Dia Mundial contra o Trabalho Infantil em 2002, data da apresentação do primeiro relatório global sobre o trabalho infantil. No Brasil, o 12 de junho foi instituído como Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil pela Lei Nº 11.542/2007.

Sobre o trabalho infantil
Segundo dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), de setembro de 2013, existem 168 milhões de crianças em situação de trabalho infantil em todo mundo.
De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) do IBGE, em 2013, existem 3,5 milhões de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil.

Sobre o símbolo da campanha
O catavento de cinco pontas coloridas (azul, vermelha, verde, amarela e laranja) é o símbolo da luta contra o trabalho infantil. O catavento tem um sentido lúdico e de alegria, que deve estar presente na vida das crianças. Representa ainda movimento, sinergia e a realização de ações permanentes para prevenção e erradicação do trabalho infantil.